Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Remate Digital

Um começo de Dragão... (3-1)

Na partida que abriu a edição 2016/2017 do principal escalão de futebol profissional português, o FC Porto venceu o Rio Ave por três bolas a uma.

Sobre pressão, a equipa orientada por Nuno Espiríto Santo, aspira a conquista do título nacional para acabar com a crise do clube da cidade invicta.

O inicío não poderia ter sido pior. Aos 36 minutos, o defesa central Marcelo, colocou a equipa orientada por Nuno Capucho, na frente no marcador. Os portistas desesperaram e por momentos viram uma nuvem negra pairar sobre as suas hostes. Mas rapidamente, Corona com um remate acrobático, tratou de restabelecer a igualdade, decorria o minuto 40.  Com este golo, os portistas desciam aos balneários com as esperanças renovadas.

E voltaram com a vontade toda. Exemplo disso, é o remate do meio da rua de Herrera. Um golo para ver e rever e que motivou os jogadores tripeiros. Passados 5 minutos, aos 57, André Silva apontou a grande penalidade cometida por Marcelo, que foi expulso, sobre Octávio.

A vencer por três bolas a uma, os dragões baixaram o ritmo,  e Alex Telles aos 64 minutos viu a segunda cartolina amarela e foi expulso.

No final da partida, o marcador registava o 1-3 favorável aos azuis e brancos.

Na próxima jornada, o FC Porto recebe o Estoril, pelo meio, ainda tem um desafio importante para a Liga dos Campeões perante a Roma. Já o Rio Ave, desloca-se a Braga.