Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Remate Digital

Futebol Entrevistado - Paulo Sérgio | Parte 1 - "...fruto da minha irreverência não soube esperar pelo meu tempo."

RD: Tendo tu saído da formação doSporting, o que é que a distingue de todas as outras? E quantos anos tiveste deformação? Chegaste a jogar na academia?
PS: Tive 10 anos ligado ao clube 7 dosquais na formação, e sim cheguei a jogar na Academia.

RD: Foi frustrante no início da tuacarreira teres tido tantos empréstimos no Sporting? Como aguentaste essa fase?
PS: Em relação aos empréstimo não foiuma questão de ser frustrante, mas sim uma questão de querer jogar mais, commais regularidade. Sabendo que no Sporting, na altura que eu estava na equipaprincipal, tinha jogadores de grande qualidade e de grande nome. Mas penso quese tivesse um pouco mais de paciência que iria ter mais oportunidades, masfruto da juventude e da irreverência quis ser emprestado para poder jogar mais.

RD: Um jogador que me lembro que tambémteve muitos empréstimos pelo Sporting foi o Wilson Eduardo, no entanto ele teveuma oportunidade no plantel principal. Sentias que merecias uma?
PS: Sim, sentia que poderia ter maisoportunidades mas como te disse antes, fruto da minha irreverência não soubeesperar pelo meu tempo.

RD: No Sporting chegaste a jogar com oRonaldo e José Fonte. Acreditavas que anos mais tarde eles iriam ser titularesna selecção que venceu o nosso 1º Europeu?
PS: Imaginar que iriam ganhar algo pelonosso país nunca imaginei, mas sim sabia que iriam ter um futuro risonho pelafrente.

RD: Presumo que o Ronaldo naquela alturajá se destacasse. Tudo o que se diz sobre a sua capacidade e vontade de trabalhoé verdade?
PS: Em relação ao Ronaldo todos sabiamque iria ser um jogador diferente, pela maneira como trabalhava e já pela suaqualidade. Já se notava que estávamos diante de alguém especial.

RD: Como te sentes por veres a selecçãoser campeã europeia com tantos jogadores formados no Sporting?
PS: Sinto-me orgulhoso porque fiz partedas melhores escolas de formação, e por isso mesmo ter tantos jogadorespresentes num feito histórico pelo país.

RD: Também jogaste com Rui Jorge noSporting. Porque razão é que ele se está a destacar mais como treinador do quejogador?
PS: Rui Jorge foi um grande jogador comuma regularidade enorme e com um passado fantástico. Não sou de acordo que estáa ter mais êxito como treinador, porque para mim foi um jogador de topo e deuma enorme qualidade.
Agora sim falando como treinador, osresultados estão à vista. Está a fazer um trabalho excepcional nas selecções deformação derivado também à experiência que possui e por ter sido um jogador detopo. Terá futuro garantido como treinador.

RD: Qual foi o momento mais marcante quetiveste no teu tempo no Sporting?
PS: O momento mais marcante foi terpertencido a uma equipa que chegou à final da liga Europa, que perdemos em casaa final com o CSKA Moscovo.

Siga nos próximos dias os novos artigos desta entrevista.
Pode rever a nossa entrevista anterior com o Rui Miguel e a Parte 0 desta aqui: Futebol Entrevistado
Visite o nosso Facebook para estar a par de tudo AQUI