Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Remate Digital

Futebol Entrevistado - Paulo Sérgio | Parte 3 - "...tinha um macaquinho a tentar abrir a porta"

Resultado de imagem para paulo sergio brunei best player

RD: Sendo Brunei desconhecido para a maior parte das pessoas,como ocorreu o 1º contacto para te contratarem? Já conhecias o país?
PS: A primeira abordagem surgiu através do Mister Steve Kean, que jogou inclusive em Portugal, na Academica à muitos anos atrás. Foi através dele que vim para cá , desconhecia completamente o país, nunca tinha ouvido falar a cerca do país. Para ser sincero nem sabia da sua existência.

RD: Sendo um país com cultura muçulmana, como foi a tuaadaptação? E a da tua família?
PS: A adaptação foi boa graças a Deus, também por ter a família perto e por sermos pessoas positivas. Temos que olhar positivamente para as situações da vida e agora já nos sentimos em casa.

RD: O clube que atualmente representas, DPMM FC, já participouno campeonato de Brunei, Malasia e agora Singapura. Como é que é possível eporque é que aconteceu?
PS: O clube faz parte da liga de Singapura, sendo de Brunei, porque em Brunei não tem liga profissional. Então, por causa dessa situação, é que já jogaram na liga da Malásia e na liga de Singapura

RD: Certamente já viveste muitas histórias engraçadas, qual foia mais caricata?
PS: A história mais caricata foi quando cheguei aqui ao fim de uma semana de ter carro. Estava na estrada, e de repente comecei a ver os carros da frente a pararem e a encostarem, e eu não sabia o porquê. Então continuei a andar e de repente aparece-me uma mota da polícia a mandar parar,e eu a pensar que já tinha feito porcaria, mas não. A estrada pára toda para passar o príncipe, o dono do nosso clube, e eu sem saber nada. Aqui a família real anda sempre com a polícia atrás, e por isso todos têm que parar para eles passarem.
Também vivi uma história engraçada no local onde vivo. Num certo dia estava em casa, e tinha a porta da varanda um bocado aberta. Comecei a ouvir barulhos estranhos e quando me aproximei apanhei um "cagaço" que nem imaginas, tinha um macaquinho a tentar abrir a porta para entrar dentro de casa. Foi muito engraçado, mas ao mesmo tempo ficou todo assustado.

RD: Sendo um clube formado em 2000, como é o nível deorganização comparado com Portugal?
PS: A organização do clube é boa, derivado também ao trabalho do Mister Steve Kean, que tem feito do clube mais profissional a cada ano que passa.

RD: O clube pertence ao principe Al-Muhtadee Billah. Qual é atua relação com ele?PS: Não temos relação nenhuma com o príncipe, eles mantêm uma distância enorme com os jogadores. Tem a ver com o respeito que querem ter. Mas assiste aos treinos todos os dias, não conseguimos falar com ele porque ele está sempre na vitrina e antes de acabar o treino vai embora.

RD: Na época passada foste considerado o melhor jogador do campeonato, com 15 golos e 18 assistências a que juntaste o título de campeão com o clube. Sentiste nesse momento que ir para Brunei foi a melhor decisão da tua carreira?
PS: Pela feito conseguido aqui, posso dizer que sim, que foi a melhor opção ter vindo para Brunei. Mas acima de tudo fico feliz por ter feito história pelo clube, e pelo país, porque nunca foram campeões na história, e fazer as pessoas felizes com esse feito foi o que mais me marcou.